Pensamento retrógrada

Nos últimos tempos tenho pensado bastante acerca daquilo que os outros consideram ser um pensamento retrógrada. Muitos acham que não v...



Nos últimos tempos tenho pensado bastante acerca daquilo que os outros consideram ser um pensamento retrógrada.

Muitos acham que não viver a vida ao extremo é ter um pensamento retrógrada. Na visão deles, alguém que não bebe, não fuma, não vai a festas nem faz esse tipo de coisas "cool" não vive a vida, e é um ignorante ou retrógrado.
Para eles tu deves participar de todas as coisas ridículas e novas que vejas à frente, nunca deves passar tempo sozinha ou em devoção, e quanto mais pessoas tiveres ao teu redor, melhor vives. Musica alta, bebedeira e festa, isso é a verdadeira essência da vida.
Para eles não existe Deus, e os valores antigos são só para os cotas das aldeias. A vida é para vivermos para nós e nunca para os outros: eles não nos dão nada para nós vivermos por eles.
Na sua visão, aqueles que se preocupam com o necessitado e com aquele que é renegado pela grande maioria, são uns retrógrados, que nasceram na altura errada.

É, hás vezes eu pergunto-me se de facto não nasci na altura errada mesmo.

Sabem o que é que eu considero ser um pensamento retrógrada? Alguém que não vive a vida, vide apenas para trabalhar, rejeitando emoções, novas oportundiades, experiências diferentes, e deixam-se levar pela corrente da monotonia constante.
Se a pessoa gosta disso, até aí está tudo bem, não se deve entrar na sua privacidade. Cada um tem a liberdade de optar pela forma como quer viver a sua vida.
 Agora, impedir os outros de viver porque essa pessoa quer que vivamos como ela?

Isso sim é pensamento retrógrada. Cada um tem a sua vida e os seus sonhos. Aparte da regra e da disciplina, há um limite que separa o impossível e dispendioso do acessível e possível. Se as oportunidades nos batem à porta, então não entendo porque desperdiçá-las. Se existe algum tempo livre, então não entendo porque a vida deve ser vivida como que escravos, esquecendo que esta vida pode desaparecer de um momento para o outro.
Que mal tem se divertir? Que mal tem aliviar a cabeça, praticar desporto, tirar tempo para ler, ver um video ou jogar um pouco do jogo? Que mal tem sair com amigos, despender algumas horas a caminhar, conversar, andar de bicicleta)
O mal sim é não encontrar o balanço entre o tabalho e o lazer, mas todos nós precisamos de folgas, e hás vezes graaaaaandes folgas! :3

Para mim, pensamento retrógrada é achar que a vida não é mais do que trabalho, e quebrar a liberdade dos outros simplesmente porque sim.

Pássaros livres voltam para o ninho, porque sabem que ali encontram conforto, if you know what i mean ;)




Se não tivesse tantos objetivos na vida, era capaz de viajar pela Europa apenas ah pala de boleia. Eu e a minha melhor amiga já pensamos (não) seriamente sobre isso, e acho que seria uma experiência. Era capaz de gastar dias e dias a viajar, ou então a aproveitar a natureza sobre rodas ou sobre pranchas: ski, snowboarding, patins em linha, no gelo, bicicleta, streetsurfing, trotinete....
Alguns sonhos são para se viver, outros são apenas para se sonhar ;)

You Might Also Like

0 comments

Having a good time reading? Please leave us a comment below!

Responsive World Map

Footer Menu




Instagram

Footer social

TERMS AND CONDITIONS
|
PRIVACY POLICY