Golpe baixo

Pai Natal: "E quem deu essa prenda, quem foi?" Criança: "Não sei!" Pai Natal: "Fui eu, fui eu!" (criança ...

Pai Natal: "E quem deu essa prenda, quem foi?"
Criança: "Não sei!"
Pai Natal: "Fui eu, fui eu!"


(criança olha fixamente para o Pai Natal)
Pai Natal: "Porque eu sou a avó!"
(retira a barba e o chapéu de Pai Natal)


(...)



Nos últimos dias tenho sentido de uma forma muito clara a minha fé a baixar cada vez mais. Sei que a falta é minha, por passar tão pouco tempo com o meu Senhor, por passar pouco tempo em oração, por buscar tão pouco a sua presença.
Há dias dei comigo a falar com Deus do mais profundo do meu coração, com tanta sinceridade quanto eu podia encontrar, e lhe questionava:

"Oh Senhor, ajuda-me a não gostar tanto deste mundo!"

Eu estava feliz, tudo corria bem, e o facto de eu estar num país diferente realmente me fazia gostar de tudo isto e não perceber que preciso d'Ele como preciso.

Então uma pela notícia apareceu...

Digamos que estou triste porque as pessoas conseguem viver que nem numa novela, conseguem ser falsas, dar-se aos seus próprios interesses e darem o golpe do baú se isso for mesmo preciso.

Sabes pai, finalmente voltei a acordar para a vida. Lembrei-me de como tem sido a minha vida desde o início, dalguns momentos que marcaram a minha necessidade de crescer de uma forma muito rápida.
Lembrei-me de como cedo deixei de acreditar no pai natal, da mesma forma como deixei de acreditar em contos de fada.

Sempre quis sonhar, e ainda hoje continuo a ser assim.
Ainda continuo a acreditar que algumas coisas possam acontecer, ainda que sejam difíceis. Sabes, ainda acredito em finais felizes, em fidelidade, em amor pelos outros e pelo inimigo, em paz e em diferenciação racial, cultural ou social. Ainda acredito nos valores primitivos que têm desaparecido de quase todas as pessoas.
Ainda acredito em vidas em família, em casamentos sem divórcio, em uma vida a dois bem suportada, em crianças felizes e bem educadas, em tempo livre para leitura, desenho, escrita, oração e leitura da Palavra de Deus.
Sim, talvez ainda acredite nisto tudo porque acredito em Deus.

E por isso Lhe coloco todo este pesar que sinto neste momento, para que seja Ele a dirigir tudo, porque Ele bem sabe que a minha intenção é fugir um pouco a esta vida cansativa para estes lados, e a tirar partido da minha "alergia" a pessoas falsas e que me tentam impedir de ser feliz.

Já tentei dar o exemplo, já tentei ser dócil e esquecer todas as facadas.
Também esta eu vou tentar esquecer, e vou tentar lidar com a situação de uma forma diferente.

Mas sim, estou cansada desta terra novamente :/

Obrigada Pai, porque tu atendeste à minha oração na altura correta, fica com a minha família porque ela bem precisa de Ti, ainda que ela se recuse a Te aceitar, "eu e a minha casa serviremos ao Senhor".

A tua filha,
Daniela

You Might Also Like

0 comments

Having a good time reading? Please leave us a comment below!

Responsive World Map

Footer Menu




Instagram

Footer social

TERMS AND CONDITIONS
|
PRIVACY POLICY