Alessandra Brachman

A ti minha querida, eu queria deixar umas palavrinhas que acho muito importante de chegarem até ti. Talvez eu tenha tentado te dar uma ach...

A ti minha querida, eu queria deixar umas palavrinhas que acho muito importante de chegarem até ti.

Talvez eu tenha tentado te dar uma achega de algumas coisas as quais vou escrever aqui numa ou outra vez que falamos as duas de forma séria, porque geralmente era sempre a brincar - verdade seja dita!
Foste uma menina que eu conheci na colportagem, como conheci mais meninas lá. Confesso que na altura não estava nada à espera de passar o resto das férias quase todas com a tua pessoa, e muito menos vir a te conhecer melhor como acabei por fazê-lo.


Na colportagem mal te conheci em condições porque passaste grande tempo com a Raquel, o que é normal uma vez que vocês já são grandes amigas, ainda para mais estavam mesmo numa altura de se despedirem :x Para falar a verdade, eu também não estava em grande altura. Como tu sabes, na altura eu e o Joel tínhamos acabado muito recentemente, a minha cabeça estava muito confusa e o meu coração um bocado vazio não só por isso, mas também porque a minha melhor amiga ia para fora do país em breve. Eu via duas pessoas que eu amava a sofrerem e eu incapacitada de fazer algo para as ajudar, e aquilo consumia-me um pouco na altura.
Enfim fui-me envolvendo com o ambiente da colportagem e esquecendo um bocado os meus problemas. Sei que estava numa altura muito sensível e qualquer coizinha pior já me fazia chorar, como tu mesma chegaste a ver uma vez porque o Bruno se chateou comigo :o

Enfim, terminando a colportagem, a ideia que eu tinha de ti ainda era muito vaga comparativamente aquela que viria a ser a minha ideia um mês mais tarde. Na altura já sabia algumas coisinhas relativamente à tua pessoa:
- sabia que detestavas coisas que eu adorava como cogumelos e pimento, e que eras muito esquisita relativamente aquilo que comias;
- que tinhas alguns complexos relativamente a coisas em ti que já te disse que muitas vezes são o melhor que tens em ti (como eu te percebo, porque eu passei por o mesmo, mas com outros aspectos xD);
- que eras uma rapariga que mudava completamente durante a noite tipo "lobimulher", que era capaz de dormir ao contrário ou de reclamar com uma porta durante a manhã por estar a fazer muito barulho e a te acordar;
- que eras calorenta e gostavas de dormir só de cuecas (ahahha era suposto isto não ser público Alé? Não faz mal, porque eu sou igual :p)
- que tinhas umas pancas constantes, hás vezes viradas para o lado perverso (piores que as da Raquel não eram, porque isso era quase impossível xD), mas que isso era o que te tornava tão alegre e tão semelhante a mim por vezes;
- que eras uma menina simples e sincera, muito querida, que tenta achar sempre qualidades nos outros e não tem receios em os dizer, que cativa as pessoas à sua volta e faz com que elas a adorem;
- que por vezes te tornas alguém neutro: para além de toda a gente gostar de ti, não arranjas confusão com ninguém, és a típica menina difícil de encontrar, que todos que conhecem bem acabam por se apegar.
Disse alguma mentira?

Parece pouco, mas no fundo já sabia algumas coisinhas de ti ;)
Ainda assim, não tinha tido uma relação assim muito muito grande contigo, foi aquela relação de "caipira" que a gente foi tendo, ainda muito moldada no ambiente da família da colportagem.

Então o Joel foi para o Nacional de Desbravadores, e foi-me falando de ti, que estava contigo hás vezes e que dizias que éramos parecidos, e isto e aquilo, e eu continuei a ouvir falar de ti.
Depois veio o Nacional de Companheiros, e tu já te tinhas tornado na minha companheira de tenda. Voltei a passar muito tempo contigo, embora não todo :p Já sabes que eu gosto muito de vaguear, estar com várias pessoas que amo, então nem sempre fico com a mesma pessoa.


O que é certo, é que durante este Nacional eu confirmei ainda mais coisas tuas de doidice, especialmente as tuas crises durante a noite. Fartei-me de rir à fartazana durante a noite contigo:
- porque jogavas basquetebol em sonhos e acordavas a fazer o lançamento ao cesto com as mãos;
- porque jogavas voleibol em sonhos e acordavas a fazer a manchete;
- porque te rias de uma forma que mais ninguém ria;
- porque não conseguias parar de rir assim quando eu me ria de uma forma estúpida propositadamente;
- porque tinhas um "botão" que fazia o mesmo que me faz a mim quando eu faço a vela, e eu divertia-me a apertar o botão, ahahahaha;
- porque já nem tinhas segredos, falávamos de tudo e riamo-nos por coisas tão idiotas;
- porque as nossas noites eram uma festa e toda a gente queria ver o que se passava. Outros reclamavam que fazíamos muito barulho e que se iam queixar à direcção, e nós as duas desmanchava-mos a rir;
- porque mal entravas na tenda te lançavas para cima de nós;
- porque te assustaste com o meu rado;
- porque, com o sono, atiravas-te para a entrada da tenda mesmo ela estando fechada;
- e finalmente (já não era sem tempo) porque comias as minhas bolachas todas sempre que possível xD

É óbvio que nem sempre as coisas são boas: chateaste-te comigo (e com razão :x), porque mais uma vez o meu problema de despiste e descuido voltou a tomar conta de mim e eu voltei a perder (ainda que temporariamente) coisas que não eram minhas :s
Mas isso passou, e continuei a rir-me à grande contigo xD


Acabando o nacional, dias depois eu estaria de volta a Vila Real de Santo António para começar o IMPACTO, e achava piada ao facto de ires também. Andei à tua procura nos primeiros dias, e desiludi-me imenso quando percebi que não estavas lá :( Fiquei mesmo triste, e mandei-te mensagem a perguntar se vinhas, mas parece que o saldo do telemóvel não jogava para os teus lados, e eu não obtinha resposta xD
Foi então que, durante uma hora de refeição, eu vi uma menina com um topezito azul claro, e rapidamente percebi que eras tu. Fiquei tão contente amiga +.+
Lembro-me te toda aquela confusão que foi quando apareceste por lá. Tu não vinhas para ficar, mas a verdade é que tens tantas pessoas que te amam, que ninguém te deixou ir embora. Estavas toda preocupada com o facto de não teres nada para vestir, nada para dormir, nada de nada.
Mas viste? Não precisaste, tudo se arranjou :3

Como estive naquela altura, sempre estarei para ajudar no que for preciso a todos os níveis :) Na altura eu andava um pouco mais com o pessoal de Aveiro, mas eu queria-te ao pé de mim ao mesmo tempo +.+ E acredita, por mais que te sentisses mal em utilizar algo que fosse meu, eu achava piada à situação, e partilhava-o com todo o gosto ;) Tiveste azar com os meus chinelos querida, mas nada que não se arranjasse xD
Foi fantástico mesmo :p
Pude "fazer pouco" de ti enquanto estava de mima, e tanta vez que tive vontade de rir bem alto e tinha de evitar porque o mimo não pode rir em voz alta! Então eu virava-me e tentava conter o riso ao máximo, mas contigo é tão difícil! :x

O que mais me custou no IMPACTO, foi a tua despedida :x eu não queria nem por nada ir embora, só de pensar que depois disso só te veria um ano depois :/ Lembro-me que por diversas vezes eu caminhava para me vir embora, e rapidamente voltava para trás para te abraçar mais uma vez, e andava naquilo e não conseguia ir embora :p mas enfim, lá teve que ser :x



Hoje já se passou mais de um mês desde a última vez que te vi. Já falamos pelo facebook, e depois começámos então a falar por skype. Gostei tanto de te ouvir da última vez, que saudades que eu já tinha, acredita! :3

Parando para pensar, estive tanto tempo contigo durante as férias, e tens fotos com toda a gente e mais alguma, mas o que é certo é que eu não me lembro de ter tirado nenhuma contigo :O Como é que é possivel? xD


Ainda me lembro de algumas coisas que tu foste dizendo sobre mim, que acredita, mais ninguém dizia. Tu fartaste-te de dizer que o "meu sorriso era mesmo verdadeiro", e um mês mais tarde estavas a dizer que o Joel se ria como eu xD Disseste que eu era mesmo saudável e que só comia coisas saudáveis, quando eu comi no Mac umas três ou quatro vezes durante as férias, e fartei-me de comer gelados O.o E ainda conseguiste dizer que eu estava muito bem assim, e que até gostavas da minha estrutura :x
Vês? É disto que eu falo: é desta tua sinceridade, desta tua simpatia, desse teu cuidado para com os outros, é isso que toda a gente gosta em ti.


Eu acredito que houve um grande motivo para eu te ter conhecido nestas férias de Verão.
Primeiro que tudo, conheci-te numa altura muito peculiar, em que deixei de ter ao pé de mim a minha melhor amiga, que estava sempre sempre comigo em todos os acampamentos. De certa forma tu também estavas a passar por algo muito doloroso que, embora eu não consiga compreender por inteiro porque não passo por isso tantas vezes como tu, eu ainda conseguia sentir um pouquinho do teu sofrimento :x
Mas os meus motivos não ficam apenas por aí.
É verdade que foi óptimo nos termos conhecido nesta altura: de certa forma, ajudámos uma à outra a "tapar" alguns buracos que eram deixados por vezes e que podiam causar alguma solidão, enquanto nos íamos suportando durante as férias inteiras com risos e gargalhadas - é tão bom aturar alguém assim! +.+
Mas há mais ainda: tive a oportunidade de conhecer pequenos a quem me apeguei de certa forma, ao ponto de os chamarem de meus filhos, uahuahuha Se eu não te tivesse conhecido, talvez não tivesse como os orientar tão diretamente para a pessoa que ainda os vai aturar para o ano, e eu sei que tens uma grande responsabilidade em cima, de cuidar muito bem dos "meus" pequenotes :3 E sei que eles estarão muito bem nas tuas mãos ^^


Queria ainda dizer que tu és uma menina muito diferente do habitual, és alguém especial, e acredita no que te estou a dizer. És muito bonita, tens um sorriso lindo, és simpática, simples, amiga e querida para todos e ainda és muito direta com as pessoas, transparente de espírito, algo muito admirável. Cuida bem de ti e procura a felicidade a cima de tudo, colocando a tua vida nas mãos de Deus, porque somente Ele sabe onde realmente a tua verdadeira felicidade reside.
Alguém especial como tu merece tudo de bom o que podes encontrar ;)

Em tudo, eu sei que há um motivo formado por Deus. E ultimamente, sei que todas as minhas relações pessoais têm sido dirigidas por Ele de uma forma incrível. Minha linda, tu és mais uma delas, e eu dou graças a Deus por ela! +.+


Fico mesmo muito contente por te ter conhecido, ainda mais contente porque te pus a adorar as minhas bolachas integrais e a correr todos os dias +.+ Sou um máximo, não sou? uahuahuha
Minha querida, eu gostei tanto mas tanto de ti, que quero passar mais tempo contigo de novo no próximo ano! Não tem mal se eu continuar com saudades tuas e a falar contigo constantemente pois não? É que eu sei que contigo eu posso-me rir para valer, sei que tu também estarás lá para me ouvir se eu precisar, e que estarás a pedir notícias se eu não puder falar tanto porcausa desta minha linda internet aqui de Vila Real :x
O que vale é que te tornaste uma amiga muito especial para mim, especialmente porque às vezes olho para ti e tu fazes-me tanto lembrar a mim mesma! :3 (ainda por cima gostas de fotografia e tudo!)


(Ah, e parabéns! Vai que eu já passei pelos meus 16 anos à muito tempo uhauhauhauha
Mas não faz mal, continuo uma pequenita e nem dou por isso, nunca me dava 19 xD
Sabes que mais? Acho que devíamos trocar de idades :p)


Obrigada por tudo Alé, gosto mesmo de ti 
E és linda ♥


You Might Also Like

0 comments

Having a good time reading? Please leave us a comment below!

Responsive World Map

Footer Menu




Instagram

Footer social

TERMS AND CONDITIONS
|
PRIVACY POLICY