Aquilo que dura

"Não caminhes à minha frente, eu posso não te seguir. Não caminhes atrás de mim, eu posso não saber para onde ir. Caminha ao meu lado&...

"Não caminhes à minha frente, eu posso não te seguir. Não caminhes atrás de mim, eu posso não saber para onde ir. Caminha ao meu lado", para que quando tu sorrires, eu possa sorrir contigo, e quando estiveres em baixo, que o teu rosto não fique escondido pelas tuas ou pelas minhas costas, para que eu possa colocar um sorriso na tua cara.

Neste momento tudo está no meio termo, nem está optimo, nem está mau. Faltam coisas, coisas que me fazem falta e que outrora eu pensei que seriam normais.
O meu coração palpita. Palpita porque me lembro do rosto, lembro-me da figura e da silhueta, lembro-me da cor, da respiração, do silêncio da noite, lembro-me dos braços que me costumam aquecer quando o frio aumenta, lembro-me do cheiro agradável e doce que tem a sua presença.
Parece que amar não chega. Quero acreditar que ainda vai durar algum tempo, e se terminar que a amizade se mantenha a mesma sem alterar a minha motivação de estar perante a sua presença. Quero acreditar em muita coisa. Eu amo e quero estar com ele, mas parece que no fundo eu sei que isto não vai muito longe.
Faltam-me palavras, faltam-me gestos, faltam-me afectos.
Não sou de aço, nem tão pouco forte. Apenas me esforço para parecer.


Há amizades optimas de se manter assim, mas relacionamentos é difícil. Quando dou por mim, começo a imaginar se a ajuda que te pretendo dar será suficiente para resolver os problemas.

Por enquanto quero ajudar, para que isto passe. Tenho medo que não aceites, mais medo ainda tenho que depois de tanto esforço, eu perceba que afinal não é apenas um problema, mas já é mesmo teu.
Será que são apenas indecisões de quem não te tem ao meu lado? Porque quando aqui estás parece que não dói nem um pouco, mesmo que ainda faltem palavras, mesmo que ainda faltem tantas coisas, o facto de teres vindo ao meu encontro e eu te poder mimar é-me suficiente.

Mas sabes, continuar neste sofrimento individual é difícil. Não era suposto seres motivo de dor, mas sim de sorriso diário. Parece que as coisas do início estão a desaparecer aos poucos e poucos e tenho medo do que se segue.
Quem disse que a saudade mata tinha completa razão.
Talvez seja apenas mais umas lágrimas que se irão secar quando daqui a umas semanas eu me habituar à tua falta e me tornar fria novamente como costuma acontecer.
Estar ao pé de ti volta a fazer-me sensível, e volta a mostrar-me o quanto preciso de te ter ao meu lado. Começa a relembrar-me que cá dentro de mim já existe alguém o qual custa não escutar, ou mesmo custa ficar calada a aguardar que digas aquelas coisas que dizias baixinho quando tentavas aproveitar ao máximo o tempo que me tinhas a teu lado.

Apetece-me perguntar o que é que aconteceu contigo, mas já sei que para essa pergunta a resposta é inexistente. Já sei que vais reclamar comigo porque não te digo que preciso de ouvir essas palavras da tua boca e esforço-me para ultrapassar isso enquanto sofro até não aguentar mais, mas eu simplesmente não quero ouvir palavras forçadas e sem sentimento.
Sabes que mais? Por enquanto a AZZIP espera, porque a Jeitosa deixou de existir :(
Quem sabe para a semana tu já fales de outra forma, ou então nem sequer me respondas às mensagens. Talvez seja porque lá fora está a chover e o meu dia ficou tão cinzento que a minha cabeça tomou a mesma tonalidade.
Para a semana vou fazer anos, depois é a tua vez. Quem sabe tu te esqueças, e eu nem tenha oportunidade tão cedo de te desejar uns parabéns pessoalmente e ver-te rir quando abrires o embrulho.
Ainda deve faltar para te voltar a ver e nem sei quando combinamos a próxima data...
Mas vou tentar esquecer isto, vou tentar esquecer aquilo que me dizias, vou tentar esquecer o que me fazias, vou pensar que estás em fase de recuperação, e vou esquecer que este meu lado carente e chato, lado sensível e apaixonado, existe.

You Might Also Like

0 comments

Having a good time reading? Please leave us a comment below!

Responsive World Map

Footer Menu




Instagram

Footer social

TERMS AND CONDITIONS
|
PRIVACY POLICY