Despedida

Falta pouco... e falta tanto. Vai ser o desprender de muita coisa, o prender de outras tantas. Não que eu odeie aquilo que tenho agora, ape...

Falta pouco... e falta tanto.
Vai ser o desprender de muita coisa, o prender de outras tantas. Não que eu odeie aquilo que tenho agora, apenas porque quero ser eu, sem restrições exageradas, com equilíbrio e com o atingir de tantos objectivos que esperei até agora.

Quem sabe não volte a ter o meu sábado do costume, umas vezes como era antigamente, outras de uma forma relaxada, mas por minha conta (visto que a distância é coisa cara). Gostaria de ter a certeza que seria um dia de reencontros: com os meus amigos e com O meu amigo maior, que esperou tanto tempo por mim enquanto me fui esquecendo Dele. Quando não há reencontro com os primeiros, há com O segundo: momentos de relaxamento e isolamento do mundo exterior, de reflexão e conversa interior, quem sabe de leitura e convívio. E quem sabe, se eu não começo a ir a todas aquelas saídas que possa e volto a sentir aquilo que sentia dantes, volto a ver toda a gente e a jogar o que já não jogo, volto a ser aquilo que nunca tive coragem de apagar do nome do meu blogue. Tenho que começar por algum lado: a escolha de musicas calmas, programas, livros que tinha dantes e agora não... Só sei que lá, vai ser muito mais fácil.

Não vou abusar, mas pelo menos quero tentar não ficar tão fechada a quatro paredes, porque isso é uma tormenta para mim - e ainda assim, faço-o todos os dias :s Vou mudar isso, e tanta coisa mais. Quero sentir que para alguém, eu importo - e que não sou apenas algo que causa problemas e despesas, por isso não vai para lado nenhum. E vou me juntar a quem também merece ter a companhia da minha pessoa :')

Lá vou me tornar oficialmente poliglota, vou atrás de um dos meus sonhos, o Japão e com ele, o aprofundamento da língua japonesa ♥ Não sabem como eu gosto daquilo +.+ Mas não é só esse sonho que eu vou atrás. Vou atrás do voleibol, vou atrás de um curso que me deixe dar uma pulada para o verdadeiro, que sempre quis.
Da escola para casa é um pulo, e sempre dá para fazer o que gosto: caminhar, ter tempo livre, espaço para a minha paixão pela fotografia e pela a prática desportiva, pelo convívio. Uma ambientação num "mundo pequeno" e sereno. Quem sabe eu não esteja mais preparada para determinadas coisas que agora me têm enchido a cabeça e esvaziado o peito :S quem sabe eu não ache aquilo que procuro à tanto tempo e que não me aparece nem morto.

Nas férias, também ai vou eu! E penso que lah ao menos nao tenho os stresses do costume, porque isto, porque aquilo. O quentinho, o aconchego, ai as saudades que eu já tenho disso! Um lugar espaçoso e aconchegante, suficientemente grande para colocar os meus pertences e suficientemente pequeno para guardar todo o quentinho e não despersá-lo. E se convidar entes mais próximos com autorização, quem sabe seja como dantes, o dantes que já não existe aqui :S

E prometo que vou voltar, porque o meu verdadeiro lugar, apesar de tudo, é aqui ♥


"É bom sonhar" - palavras proferidas em altura difícil."Eu sonho, depois concretizo" - está sonhado, agora é só a segunda parte.


Vou ter tantas saudades tuas! *.*

You Might Also Like

0 comments

Having a good time reading? Please leave us a comment below!

Responsive World Map

Footer Menu




Instagram

Footer social

TERMS AND CONDITIONS
|
PRIVACY POLICY