Winter *__*

Sinceramente, deixei de perceber o porquê de eu começar a apreciar o Inverno de um momento para o outro. Talvez também se deva a ARIA, qu...


Sinceramente, deixei de perceber o porquê de eu começar a apreciar o Inverno de um momento para o outro. Talvez também se deva a ARIA, que me deu uma perspectiva do frio um pouco diferente do que aquela que eu tinha - e na realidade, por mais que eu me queixe da seca que apanhei em determinado episódios, é fantástico ver a utopia gerada por um anime tão simples e que é capaz de nos atingir.

De um momento para o outro comecei a apreciar aqueles dias mais gélidos, o embaciar das janelas e aquele género de fumaça derivado das temperaturas altas do nosso organismo comparadamente com o ambiente arrefecido.
À uns bons anos atrás, a única coisa que me fascinava era o facto de puder deixar água no regador que no dia seguinte estaria congelada.



Talvez tenha sido por diversos motivos. Um deles, porque comecei a descobrir finalmente formas de me agasalhar devidamente e me sentir bem: os cachecóis, os kikos (e os gorros), as carteiras de malha e renas, as luvas, os casacos fofinhos e gigantes, as leguins polares, as botas e os vestidos fofinhos que conseguem te pôr mais confortável do que calças e camisolas de lã. Talvez porque até aqui quase tudo isto era inexistente e eu pensava que o Inverno não passava de uma fase gélida em que para estar confortável tinha que me sentir intoxicada de roupas que detestava -.-' Talvez ainda tenha a ver com o facto de este ano ter conhecido com o tempo uma realidade um pouco diferente, muito mais confortável.

Há também aquelas coisas que só sentimos no Inverno, a procura pelo quente: o bem-estar na cama, o adormecer ao som da chuva, a botija, a escalfeta, o aquecedor, as mantas e os cobertores...

Para além disso, é a altura da melancolia...
A melancolia dos dias cinzentos passados com a chuva miúda que se apara com um chapéu colorido, que contrasta com o ambiente frio e triste de Londres. A melancolia dos centros comerciais enfeitados com luzes por tolo lado e das árvores de natal, da passagem com a família e dos sorrisos, do dar e do receber, do fogo de artifício, do champanhe, da música, das luzes coloridas...



É o falar com as pessoas pelo auricular pq as mãos já não gostam muito de escrever; é o olhar as estrelas de dentro do quentinho; é o esperar que a neve venha para faltarmos à escola, tirarmos fotografias e escorregar-mos nela; é o andar de autocarro e aprecisar o ambiente gélido e esbranquiçado do exterior; é as meias-horas passadas a ver anime no quentinho a comer algo (e a trabalhar para a gordura xD); é o cinema e a comida quentinha; é o fazer exercício para aquecer e quase não suar; é o ler livros na cama, o comer maçãs assadas e aquecer-se no fogão da avó; é o comer lancheiras acabadinhas de sair com os amigos enquanto se conversa e se espera o autocarro...

O Inverno deixa espaço ainda para sonharmos... com uma lareirazinha diária, umas maçãs doces, um snowboard pela neve espessa, quem sabe um ofuro... Um dia hei de estar num festival japonês por volta desta altura a comer as maçãs, com um quimono vestido e a ver hanabi(s)!

Acho que estou a ficar velha e com isso, as minhas opiniões estão a mudar (ahahahahah). Agora vou aproveitar bem o Inverno e continuar a falar do Japão, para variar! +.+

You Might Also Like

0 comments

Having a good time reading? Please leave us a comment below!

Responsive World Map

Footer Menu




Instagram

Footer social

TERMS AND CONDITIONS
|
PRIVACY POLICY